Mato Grosso, Terça-Feira, 16 de Julho de 2019     
PLANO DE GESTÃO 2019-2022: Pró-Reitoria de Assuntos Estudantis (Prae)
PLANO DE GESTÃO 2019-2022: Pró-Reitoria de Assuntos Estudantis (Prae)
23/04/2019 16:44:01
por Nataniel Zanferrari
Dentre as ações que a Pró-Reitoria de Assuntos Estudantis já desenvolveu, está a Recepção aos Calouros
Dentre as ações que a Pró-Reitoria de Assuntos Estudantis já desenvolveu, está a Recepção aos Calouros

A pró-reitora de Assuntos Estudantis, professora Antonia Alves Pereira, apresentou as metas e ações a serem realizadas em curto, médio e longo prazo pela Pró-Reitoria de Assuntos Estudantis (Prae) da Universidade do Estado de Mato Grosso Carlos Alberto Reyes Maldonado (Unemat). Elaborado de forma articulada com as deliberações do Planejamento Estratégico Participativo (PEP), do 3º Congresso Universitário e do Caderno e Propostas da Gestão, as ações foram apresentadas no dia 16 de abril durante a 1ª Sessão do Conselho Universitário (Consuni) da Unemat. A pró-reitora também apresentou as ações da pasta aos diretores político-pedagógicos e financeiros e aos diretores administrativos dos 13 câmpus da Unemat em reunião realizada na terça (23) e quarta-feira (24).

Dentre algumas ações, a pró-reitora destacou duas nestes três meses de gestão: o acompanhamento dos alunos da Unemat que realizaram intercâmbio para a Alemanha e projeto de recepção dos calouros.

Ações

O plano de gestão para a Prae até 2022 foi elencado pela pró-reitora em 10 ações:

1. Melhorar a Assistência Estudantil: Dentre as propostas desta ação, estão a instalação de um Setor de Assistência Estudantil (SAE) em cada câmpus, um programa de acompanhamento aos beneficiados pelos auxílios e aos cotistas e a realização anual do Encontro de Representações Estudantis (Erau), além do fortalecimento e ampliação do valor dos auxílios para assistência estudantil, incluindo os alunos de cursos de modalidades diferenciadas.

2. Implantar políticas de acessibilidade: Além da implantação de políticas de permanência para alunos com deficiência, esta ação também apresenta a formação continuada aos servidores para atuarem com acadêmicos com deficiência, bem como a capacitação de professores para atuar em Braile, Língua Brasileira de Sinais (Libras) e outros.

3. Instituir políticas de permanência: Dentre as políticas previstas estão o Programa de Nivelamento com bolsistas e tutores, em parceria com a Direção de Gestão de Ensino a Distância (Dead) e a Pró-Reitoria de Ensino de Graduação (Proeg), Bolsa Atleta, visitas às escolas de Ensino Básico para divulgação e parcerias para práticas construtivas na formação do profissional, como estágio extracurricular, estágio remunerado e outras iniciativas.

4. Implantar política de criação, ampliação e manutenção de Moradia Estudantil: Auxiliar na permanência de alunos de baixa renda oriundos de outras cidades ou da zona rural, além de facilitar o acesso e garantir a permanência na Universidade dos alunos sem condição financeira de manter moradia, seja pelo Auxílio Moradia e pela constituição de um conselho para administrar o Programa de Moradia Estudantil (PME) para os câmpus. Para esta ação, pretende-se realizar estudos de demanda, de viabilidade e de parcerias para sua execução.

5. Criar e implantar Política de Restaurante Universitário (RU) e/ou de Alimentação Universitária Solidária: Além de realizar estudos de demanda e viabilidade nas unidades para criação de Restaurante Universitário (RU) ou o estabelecimento de parcerias para uma proposta de Alimentação Universitária Solidária, e pesquisar experiências já consolidadas em outras instituições de Ensino Superior. Esta ação buscará financiamento externo e parcerias para a construção de um modelo de Restaurante Universitário viável à instituição, bem como a implantação de política de avaliação alternativa para o fornecimento de alimentação para a comunidade acadêmica.

6. Melhorar a política de participação em eventos com apresentação de trabalhos: A Prae visa oportunizar, incentivar e garantir a participação acadêmica nos eventos institucionais, regionais, nacionais e internacionais, e também ampliar a participação nos eventos em todas as áreas e em todos os níveis, além de promover o envolvimento dos acadêmicos das Modalidades Diferenciadas. Ainda nesta ação, a Prae buscará alternativas de parceria para atender a demanda.

7. Criar e estabelecer política de recepção e acompanhamento dos discentes: Institucionalizar o evento Recepção dos Calouros nos câmpus e integrar os alunos ingressantes na comunidade acadêmica, desenvolvendo também o Guia do Estudante com informações sobre as diversas bolsas ofertadas pela Unemat, com a previsão de abertura de editais e as condições para acessá-las.

8. Implantar Programa de Assistência Pedagógica e Psicológica: Oferecer apoio, acompanhamento e atendimento para a comunidade acadêmica por meio da prevenção, promoção e encaminhamento, quando necessário, assegurando saúde física e mental da comunidade acadêmica por meio de atividades com terapias complementares, por exemplo, favorecendo melhor desempenho e permanência com sucesso. Para isso, a Prae visa a implantação de equipes multiprofissionais em todos os câmpus através de parcerias com instituições da região, focando na diminuição de índices de depressão e prevenção de suicídios, além de promover e implementar Políticas Estudantis de Melhoria da Qualidade de Vida e Centros de Convivência em cada câmpus, com infraestrutura para atender manifestações culturais, prática de esportes, lazer e estudo. Esta ação também pretende desenvolver agenda anual para fortalecer a convivência e o lazer, e grupos de discussão sobre educação sexual, vivências, racismo, homossexualidade, deficiências, assédio, entre outros, bem como criar, implantar e implementar política de acolhimento e estratégias para que os estudantes com filhos permaneçam e concluam a graduação.

9. Fortalecer a participação dos acadêmicos em projetos: Dentre as propostas e objetivos, está a criação do Prêmio Jovem Unemat, da Rede de Solidariedade Unematiana, da Feira das Profissões da Unemat, do Observatório de Políticas Estudantis e do Portal do Egresso. Também pretende-se ampliar o intercâmbio entre os professores, técnicos e alunos e as discussões sobre empreendedorismo, negócios de impacto social e inovação para capacitar empreendedores universitários.

10. Fortalecer as estruturas dos Diretórios, Centros Acadêmicos e Atléticas:

A Pró-Reitoria pretende estabelecer Comissão e Fórum Local com representantes estudantis para realizar o levantamento de demandas para estruturar os espaços físicos dos Diretórios Centrais de Estudantes (DCEs), Centros Acadêmicos (CAs) e Associações Atléticas Acadêmicas (AAAs), a fim de facilitar a participação política e mobilização estudantil. É nessa ação que se encontra a configuração do Fórum de Assistência Estudantil, que acontecerá em etapas locais, regionais e central.

“Esse plano de gestão está aberto a sugestões da comunidade acadêmica, especialmente dos alunos”, informa a Pró-Reitora.

Salvar esta página   Imprimir notícia   Enviar notícia por e-mail Visitas: 292 | Impressões: 19
Compartilhar no Facebook

Notícias relacionadas

  • Nenhuma notícia relacionada

Rede Social


Copyright 2019 - Universidade do Estado de Mato Grosso
Av. Tancredo Neves, 1095 - Cavalhada II
78200-000 - Cáceres - Mato Grosso
PABX +55 (65) 3221-0000