Mato Grosso, Domingo, 15 de Julho de 2018     
Evento da Unemat sobre turismo sustentável reúne acadêmicos, artesãos e indígenas em Aripuanã
EAD
Evento da Unemat sobre turismo sustentável reúne acadêmicos, artesãos e indígenas em Aripuanã
04/07/2018 10:42:48
por Antonia Alves
Foto por: Divulgação

 

O Curso de Bacharelado em Turismo da Universidade do Estado de Mato Grosso (Unemat/UAB) promoveu a Mostra Acadêmica “Turismo sustentável” no Polo de educação a distância de Aripuanã-MT no dia 30 de junho. Sendo realizado no Parque de Exposições, os participantes do I Festival de Quadrilha Junina das escolas visitaram a exposição.

Etnoturismo, artesanato e ecoturismo deram o tom ao evento. Além de expor seu artesanato e literatura, a etnia “Arara” encantou com sua dança, ao final convidando os presentes para interagirem. “Isso aqui é um momento importante. Nós temos a honra de falar de nossa cultura e, às vezes, ficamos chateados porque a população não nos valoriza,” disse Angelica Vela Arara.

Para a coordenadora do Polo, Milene Gomes Henrique, o evento tornou-se uma vitrine do que Aripuanã tem. “Espero que todos que visualizem as fotos e sintam vontade de nos conhecer esse paraíso,” enfatizou Milene que se mostra contente com o empenho dos acadêmicos do Curso de Turismo.

O Secretário Municipal de Turismo, Cleverson Veronese, ressaltou a importância do evento, além, da gestão reafirmar a importância do turismo no crescimento como um todo de uma comunidade. “Podemos dizer com muita alegria que foi um dia de grande importância turística para nosso município, pois ninguém faz nada sozinho, precisamos da contribuição de todos e esse evento mostrou isso. Agradeço a Unemat, através do empenho de seus acadêmicos nessa Mostra e dos artesões que contribuíram com suas belas peças”, disse Veronese.

Uma cidade que passou por ciclos. Da seringa à extração de minérios. Da madeira ao turismo. Para o pioneiro Antonio Paulo de Andrade Silva esse parece ser o período mais promissor por contribuir para o fortalecimento da economia e da cultura de maneira sustentável. Vindo ainda criança do Acre na década de 1940, Antonio Paulo pontou os principais momentos históricos de Aripuanã.

Toda a decoração foi produzida pelos acadêmicos com bambu e elementos da natureza, destacando produtos artesanais confeccionados por eles e por artistas da região. A coordenadora do curso, professora Antonia Alves Pereira, destacou a “proatividade e criatividade dos acadêmicos para evidenciar as características geográficas, cultural, turística e econômica, além de dar visibilidade a personalidades importantes”.

Com a mediação dos professores, o projeto interdisciplinar articulou os saberes das disciplinas de áreas de Geografia, Turismo, Estatística, Sociologia, Língua Portuguesa e Inglês. Em meio à exposição cultural destacou-se os resultados das pesquisas realizadas sobre demanda turística com os meios de hospedagem/hotelaria, com a sociedade e sobre as vulnerabilidades sociais da região.

De acordo com os professores que acompanharam o desenvolvimento da pesquisa, o resultado alcançado pelos alunos demonstrou maturidade científica, servindo como laboratório de experiências práticas capaz de consolidar a compreensão das teorias estudadas durante o semestre letivo.

Para o professor Gabriel José Pereira, a experiência foi “uma oportunidade para dar visibilidade e socializar com a sociedade toda produção acadêmica no campo da pesquisa que está acontecendo na universidade,” salientou Gabriel.

“Poder vivenciar o entusiasmo e força de vontade dos acadêmicos de Aripuanã foi esplêndido. Um evento com a cara da região, valorizando os pioneiros e a história no município, com espaço singular aos povos indígenas compreendeu um evento acadêmico com sotaque mato-grossense,” registrou o professor Mérik Rocha da Silva.

Mérik, ainda destacou que o trabalho da Diretoria de Educação a Distância (DEAD) é um desafio para corajosos, pois eventos como este leva a formação dos acadêmicos a “um novo patamar elevado e a UNEMAT a cumprir seu papel de educadora”.

Igualmente, os acadêmicos se mostram contentes com a realização da mostra e com a participação de toda a sociedade, “de maneira especial com a presença dos comerciantes, artesãos e da etnia Arara,” explicou Clarice Mônica Martins que já definiu a temática de seu TCC no campo do etnoturismo.

De acordo com a Diretora da Dead, a professora Nilce Maria da Silva, esta ação mostra o quanto a Unemat/Proeg/Dead “tem como meta o processo de formação de nossos alunos de forma qualificada em todos os cursos e espaços de formação por meio de uma articulação forte entre o fazer da Unemat, os saberes dos cursos com os saberes do povo, da sociedade”, frisa.

 

Sobre o Curso de Turismo Unemat/UAB

O Curso de Bacharelado em Turismo da Unemat/UAB, na modalidade à distância, iniciou-se em 2017/2 nos Polos de EAD dos municípios de Aripuanã, Sorriso e de Guarantã do Norte.

A partir do segundo semestre os alunos passaram a trabalhar as disciplinas por meio de um projeto interdisciplinar que culmina com um evento aberto à sociedade. Assim, a Mostra Acadêmica “Turismo Sustentável” está sendo realizada pelos acadêmicos do 2º semestre. Em Sorriso se deu no dia 23 de junho e em Guarantã do Norte será realizada no próximo dia 7 de julho de 2018.

 

Salvar esta página   Imprimir notícia   Enviar notícia por e-mail Visitas: 996 | Impressões: 6
Compartilhar no Facebook

Notícias relacionadas

  • Nenhuma notícia relacionada

Rede Social


Copyright 2018 - Universidade do Estado de Mato Grosso
Av. Tancredo Neves, 1095 - Cavalhada II
78200-000 - Cáceres - Mato Grosso
PABX +55 (65) 3221-0000