Mato Grosso, Quinta-Feira, 19 de Outubro de 2017     
Vagas Remanescentes 2017 - Banner 9
Unemat cria grupo de pesquisa em bioprospecção de produtos naturais
SAÚDE
Unemat cria grupo de pesquisa em bioprospecção de produtos naturais
10/08/2017 15:00:20
por Nataniel Zanferrari

A Faculdade de Ciências da Saúde (Facis) da Universidade do Estado de Mato Grosso (Unemat) criou o Grupo de Pesquisa em Bioprospecção de Produtos Naturais, liderado pela professora Larissa Maria Scalon Lemos, do curso de Enfermagem no Câmpus Universitário Jane Vanini, em Cáceres. O grupo inicia suas atividades com 10 pesquisadores e três alunos de graduação e pós-graduação.

O grupo abrange pesquisadores das áreas de Agronomia, Biologia e Farmácia, e fomentará a pesquisa em nível de graduação na modalidade Iniciação Científica, integrando os cursos de Agronomia, Ciências Biológicas, Enfermagem e Medicina, além dos Programas de Pós-Graduação. O grupo também contará com a colaboração de outros grupos de pesquisa no Brasil e no exterior.

O grupo de pesquisas propõe trabalhar com bioprospecção e aferição das atividades biológicas e toxicidade de extratos e moléculas bioativas de origem natural. A proposta está alicerçada nas características regionais em que a Unemat está inserida. O Estado de Mato Grosso engloba três dos sete biomas brasileiros: Cerrado, Floresta Amazônica e Pantanal, sendo um dos estados de maior biodiversidade do País, característica essa que potencializa os achados nesta área, garantindo inovação em termos tecnológicos.

A megadiversidade biológica vem acompanhada de grande variedade cultural, constituída pelos conhecimentos e costumes de diversos grupos sociais como quilombolas, ribeirinhos, várias etnias indígenas e imigrantes de várias regiões do país. A riqueza cultural resultante da miscigenação dos conhecimentos desses diferentes grupos cria um magnífico patrimônio imaterial, que se exprime em várias vertentes como culinária, danças, costumes e o uso dos recursos naturais, esse último sendo objeto de investigação do grupo.

Pesquisas neste âmbito exigem posicionamento ético por parte dos investigadores, permitindo que os resultados das pesquisas atinjam todos os participantes diretos e indiretos da cadeia investigativa, contribuindo ao mesmo tempo para o desenvolvimento científico, tecnológico e socioeconômico regional.

O grupo busca também fortalecer as relações interinstitucionais, a produção científica e formação de recursos humanos, e pode trazer impactos econômico e social positivos, à medida que estes conhecimentos sejam incorporados ao uso sustentável dos recursos naturais regionais na geração de renda, contribuindo com o desenvolvimento estratégico científico, tecnológico e identificação cultural.

De acordo o diretor da Facis, professor Riller Reverdito, a constituição e institucionalização de novos grupos de pesquisa vão ao encontro do plano estratégico da Faculdade para o desenvolvimento científico, tecnológico e inovação. “A participação de alunos e professores em grupos de pesquisa impacta de forma direta e positiva no ensino e na pesquisa, na graduação e na pós-graduação”, explica o diretor. “Por isso, nossa expectativa é ampliar as possibilidades para constituição de novos grupos”, afirma Riller.

Mais informações sobre o Grupo de Pesquisa em Bioprospecção de Produtos Naturais, como linhas de pesquisa e pesquisadores, estão disponíveis no Diretório de Grupos de Pesquisa do Brasil, no site do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq), que pode ser acessado clicando aqui.

Salvar esta página   Imprimir notícia   Enviar notícia por e-mail Visitas: 351 | Impressões: 9
Compartilhar no Facebook

Notícias relacionadas

  • Nenhuma notícia relacionada

Rede Social


Copyright 2017 - Universidade do Estado de Mato Grosso
Av. Tancredo Neves, 1095 - Cavalhada II
78200-000 - Cáceres - Mato Grosso
PABX +55 (65) 3221-0000