Mato Grosso, Sexta-Feira, 15 de Dezembro de 2017     
Professor da Unemat participa de Conferência Ibérica de Sistemas e Tecnologias da Informação nas Ilhas Canárias
ALTO ARAGUAIA
Professor da Unemat participa de Conferência Ibérica de Sistemas e Tecnologias da Informação nas Ilhas Canárias
19/07/2016 19:18:22
por Nataniel Zanferrari

O professor Carlos Alex Sander Juvêncio Gulo, do curso de Ciência da Computação do Campus de Alto Araguaia da Universidade do Estado de Mato Grosso (Unemat), participou da 11ª edição da Conferência Ibérica de Sistemas e Tecnologias da Informação (Cisti), que ocorreu nas Ilhas Canárias, na Espanha, entre os dias 15 e 18 de junho. O professor unematiano, atualmente cursando doutorado em Engenharia de Informática na Universidade do Porto, em Portugal, publicou artigo científico, em parceria com o aluno Thiago Rúbio, intitulado ‘Enhancing academic literature review through relevance recommendation’. O artigo será indexado por importantes meios de divulgação científica, como IEEE Xplore, ISI, Scopus, EI, INSPEC e Google Scholar.

"Sabendo que toda pesquisa científica inclui uma caracterização do estado da arte em um determinado tópico de investigação, o trabalho desenvolvido visa empregar técnicas avançadas de aprendizagem computacional na recomendação dos trabalhos relacionados que são relevantes à investigação corrente”, afirma Carlos. “Cada vez que uma pesquisa científica é iniciada, é como se tivéssemos que ‘reinventar a roda’, realizando a busca por trabalhos relacionados manualmente em um processo desgastante e que depende muito dos critérios de seleção dos autores. Neste sentido, a utilização de ferramentas de aprendizagem computacional vem auxiliar na seleção dos trabalhos relevantes. O pesquisador vai classificando os trabalhos que lê de acordo com a relevância para a sua pesquisa e o algoritmo vai aprendendo as características dos trabalhos que foram classificados como relevantes para então recomendar os trabalhos que devem ser considerados a seguir”, explica o professor.

Os resultados apontam para uma combinação de estratégias. Recomendações isoladas com mineração de texto (text-mining) ou características bibliométricas (bibliometric-featured) apresentam menor precisão (aproximadamente 77%) quando comparadas à uma abordagem mista, com as duas técnicas (até 99%) no treinamento dos algoritmos. Responsável pelas anotações, os trabalhos recomendados foram avaliados por Thiago e utilizados em sua tese, confirmando a eficiência do modelo, que poderia auxiliar qualquer investigador em seu trabalho de revisão bibliográfica. O trabalho abre também portas para novas linhas de investigação em suporte à revisão da literatura, apontando para uma tendência de automatização e emprego de ferramentas de inteligência artificial para a revisão, sumarização e edição do texto.

Carlos, que é líder do grupo de pesquisa de Processamento de Imagem, Visão Computacional e Aplicações Interativas (Pixel) da Unemat, defende que o trabalho abre também portas para novas linhas de investigação em suporte à revisão da literatura, apontando para uma tendência de automatização e emprego de ferramentas de inteligência artificial para a revisão, sumarização e edição do texto. Os resultados publicados neste evento fazem parte de uma linha de pesquisa que já vem evoluindo ao longo do tempo. Inicialmente os algoritmos consideravam apenas características textuais para realizar a recomendação, conforme artigo previamente publicado no Simpósio de Doutorados de Engenharia de Informática (DSIE 2015)em Portugal, e no Workshop de Ciência da Computação do Imperial CollegeI (CCSW 2015), em Londres. Nesta recente oportunidade, foram também exploradas as características bibliográficas das publicações, tais como o número de downloads, leituras e citações. Estas medidas estão relacionadas de alguma maneira à relevância geral do artigo. Quando uma anotação indica que é um trabalho relevante para aquela pesquisa, outros artigos com características similares são elevados à categoria dos trabalhos relevantes. “Quem sabe, no futuro, a revisão sistemática da literatura será de total responsabilidade dos robôs?”, especula o professor.

Salvar esta página   Imprimir notícia   Enviar notícia por e-mail Visitas: 148721 | Impressões: 281
Compartilhar no Facebook

Notícias relacionadas

  • Nenhuma notícia relacionada

Rede Social


Copyright 2017 - Universidade do Estado de Mato Grosso
Av. Tancredo Neves, 1095 - Cavalhada II
78200-000 - Cáceres - Mato Grosso
PABX +55 (65) 3221-0000