Mato Grosso, Terça-Feira, 19 de Novembro de 2019     

Mobilidade Acadêmica

Perguntas Frequentes (Mapa da página | Voltar)

1) O que é a mobilidade acadêmica?

É um Programa que permite tanto aos discentes vinculados à UNEMAT cursar disciplinas pertinentes a seu curso de graduação em outros campi da Universidade e em outras Instituições de Ensino Superior (IES) de referência nacionais ou estrangeiras, quanto receber discentes das IES conveniadas para que cursem disciplinas na UNEMAT.

FONTES:

→ Resolução 071/2011 CONEPE UNEMAT
 www.cienciasemfronteiras.gov.br


2) Qual é o seu objetivo?

A Mobilidade Acadêmica possibilita ao discente o desenvolvimento de atividades vinculadas ao ensino, à pesquisa e à extensão nas IES conveniadas, como também realizar atividades intracampi.

FONTES:

→ Resolução 071/2011 CONEPE UNEMAT
 www.cienciasemfronteiras.gov.br


3) Qual é o período em que o aluno pode ficar em mobilidade?

De 03 (três) a 06 (seis) meses a 01 (um) ano, com possibilidade, em casos excepcionais, de prorrogação.

FONTES:

→ Resolução 071/2011 CONEPE UNEMAT
 www.cienciasemfronteiras.gov.br


4) Quais são os requisitos necessários para se tornar um aluno em mobilidade?

1) Ter cumprido integralmente as disciplinas constantes do currículo pleno do seu curso em percentual, no mínimo, de 25%, e não estejam a 25% do término dele;
2) Não ter mais que uma reprovação por período letivo cursado;
3) Apresentar coeficiente de rendimento acadêmico normalizado igual ou superior a 8,0 (oito);
4) Estar matriculado no curso e comprovar sua frequência mínima exigida de 75% no semestre da solicitação de ingresso na mobilidade;
5) Apresentar domínio de língua estrangeira quando se tratar de mobilidade internacional;
6) Ter nota mínima de 600 pontos no ENEM para poder concorrer ao Programa Ciência Sem Fronteiras, da CAPES e do CNPq.

FONTES:

→ Resolução 071/2011 CONEPE UNEMAT
 www.cienciasemfronteiras.gov.br


5) O que não é permitido?

1) Solicitar transferência de curso ou de IES durante o período de mobilidade, pois a mobilidade acadêmica não implica em transferência;

2) Trancar matrícula no curso de origem.

FONTES:

→ Resolução 071/2011 CONEPE UNEMAT
 www.cienciasemfronteiras.gov.br


6) Quais são os trâmites institucionais que o aluno deve obedecer para concorrer à mobilidade acadêmica?

1) Cumprir o prazo de inscrição estabelecido nos editais de mobilidade nacional e internacional; 
2) É preciso montar um processo, no qual deve constar:
2.1) Requerimento à Coordenação do Curso ao qual o acadêmico está vinculado solicitando o processo de concessão da mobilidade;
2.2) Histórico escolar atualizado;
2.3) Plano de Estudos, no qual deve constar a relação de disciplinas a serem cursadas.
3) No caso do Programa Ciência Sem Fronteiras, é preciso juntar também a documentação exigida nos editais do Programa.

FONTES:

→ Resolução 071/2011 CONEPE UNEMAT
 www.cienciasemfronteiras.gov.br


7) Quais são os trâmites institucionais que a coordenação do curso deve observar antes da saída do aluno?

1) Aprovar o Plano de Estudos do acadêmico; 
2) Emitir um documento da aceitação do estudante no Programa, para solicita& ccedil;ão de afastamento da UNEMAT;
3) Emitir parecer conclusivo quanto ao aproveitamento e à validação dos estudos a serem realizados, de modo a subsidiar, quando retornar à instituição, a obrigatória concessão de reconhecimento dos estudos para fins de integralização curricular, conforme a normatização acadêmica; 
4) Informar à Diretoria de Mobilidade Acadêmica (DMA) a decisão tomada no prazo estabelecido;
5) Emitir Carta de Apresentação do discente interessado à Instituição receptora.

FONTES:

→ Resolução 071/2011 CONEPE UNEMAT
 www.cienciasemfronteiras.gov.br


8) Quais são os trâmites institucionais que a coordenação do curso deve proceder após a chegada do aluno?

1) Encaminhar à Supervisão de Apoio Acadêmico (SAA) do campus a solicitação de registros dos dados de equivalência ou reprovações no respectivo Histórico Escolar, os quais serão efetivados como aproveitamento de disciplinas;
2) Proceder à integralização de 100% (cem por cento) dos créditos realizados em mobilidade.

FONTES:

→ Resolução 071/2011 CONEPE UNEMAT
 www.cienciasemfronteiras.gov.br


9) O que compete ao Colegiado de Curso em relação ao acadêmico de outra IES em mobilidade na UNEMAT?

1) Analisar os documentos do candidato à mobilidade acadêmica definidos em edital;
2) Encaminhar parecer conclusivo sobre a efetividade da mobilidade pretendida e decidir quanto à possibilidade de atendimento do plano de estudo;
3) Acompanhar e orientar o desenvolvimento acadêmico do discente em mobilidade;
4) Fornecer programas e ementas oficiais de disciplinas à DMA;
5) Indicar tutoria para o acompanhamento acadêmico, se for o caso;
6) Encaminhar à SAA a solicitação de matrícula do acadêmico, após aprovaç& atilde;o do Colegiado.

FONTES:

→ Resolução 071/2011 CONEPE UNEMAT
 www.cienciasemfronteiras.gov.br


Voltar ao Topo ◥

Rede Social


Copyright 2019 - Universidade do Estado de Mato Grosso
Av. Tancredo Neves, 1095 - Cavalhada II
78200-000 - Cáceres - Mato Grosso
PABX +55 (65) 3221-0000