BALANCED SCORECARD: UMA ANÁLISE BIBLIOMÉTRICA COM BASE NA WEB OF SCIENCE DE 1992-2017

Gabriel Nilson Coelho

Resumo


Desde que o modelo Balanced Scorecard (BSC) foi apresentado em 1992, ele vem sendo desenvolvido visando oferecer aos executivos uma ferramenta que lhes permita gerenciar suas empresas em contextos dinâmicos. O BSC despertou o interesse tanto dos executivos de grandes corporações quanto da academia, sendo considerado um tema relevante e atual. Atualmente podem ser encontrados mais 2800 estudos sobre o tema em apenas uma base de dados (dados desta pesquisa). Este estudo tem como principal objetivo analisar a produção acadêmica sobre o Balanced Scorecard com base nas informações registradas na Web of Science, no período de 26 anos. Realiza, para tanto, um estudo bibliométricos utilizando softwares de análise de dados com um total de 931 publicações, no período de 1992 a 2017, investigando sob as lentes da bibliometria as características das publicações, dos autores e a aplicação das Leis de Lotka e Brandfort. Possibilita averiguar, a partir dos resultados, quais elementos são mais comumente visualizados em produções referentes a essa temática, gerando conhecimento sobre BSC e sua evolução na pesquisa acadêmica.


Texto completo:

PDF

Referências


ARAÚJO, C. A. Bibliometria: evolução histórica e questões atuais. Revista em questão,12(1), 11-32, 2006.

BANCHIERI, L., CAMPA PLANAS, F., & SANCHEZ REBULL, M. What has been said, and what remains to be said, about the Balanced Scorecard?, 2012.

BITITCI, U., GARENGO, P., DÖRFLER, V., & NUDURUPATI, S. Performance measurement: challenges for tomorrow. International journal of management reviews, 14(3), 305-327, 2012.

BROOKES, B. C. Bradford’s law and the bibliography of science. Nature, [s.l.], v.224, p.953-956, Dec, 1969.

CARNEIRO-DA-CUNHA, J.A., HOURNEAUX JR., F. AND CORRÊA, H.L. ‘Evolution and chronology of the organisational performance measurement field’, Int. J. Business Performance Management, Vol. 17, No. 2, pp.223–240, 2016.

CATAPAN, A., CARON, T. A., OGATA, C. R. D., & CAMARGO, T. M. Balanced Scorecard: Uma Análise Bibliométrica dos Anos de 2001 à 2011. Rca-Revista Científica Da Ajes, 4(8), 2013.

CHIU, M. C., & LI, E. Y. Investigating the Academic Trend of Balanced Scorecard from Bibliometric Approach. In Computer, Consumer and Control (IS3C), 2014 International Symposium on (pp. 694-697). IEEE, June, 2014.

COELHO, D. J. C., VASCONCELOS, A. L. F. S., & COELHO, H. F. C. Análise Bibliométrica da Produção Científica sobre Balanced Scorecard nos Eventos Nacionais e Internacionais de Contabilidade em 2010-2015. In Anais do Congresso UFPE de Ciências Contábeis (Vol. 1), 2016.

FONSECA, M. W., ABIB, G., & PICOLLI, R. F. Balanced Scorecard: um estudo bibliométrico acerca da produção acadêmica da década de 2001-2011 no Brasil. Revista Contabilidade e Controladoria, 4(3), 2012.

FRANCO-SANTOS, M., KENNERLEY, M., MICHELI, P., MARTINEZ, V., MASON, S., MARR, B., ... & NEELY, A. Towards a definition of a business performance measurement system. International Journal of Operations & Production Management, 27(8), 784-801, 2007.

GHALAYINI, A. M., & NOBLE, J. S. The changing basis of performance measurement. International Journal of Operations & Production Management, 16(8), 63-80, 1996.

JUNIOR, O. L. D. A., MARTINS, V. F., & JONES, G. D. C. O balanced scorecard no Congresso Brasileiro de Custos: um estudo bibliométrico em 15 anos do congresso. Revista de Administração de Roraima-RARR, 4(2), 50-73, 2015.

KAPLAN, R. S., & NORTON, D. P. Putting the balanced scorecard to work. Harvard Business Review, Boston, v.71, n. 5, p. 134-147, Sept./Oct, 1993.

KAPLAN, R. S., & NORTON, D. P. Organização orientada para a estratégia: como as empresas que adotam o balanced scorecard prosperam no novo ambiente de negócios. Rio de Janeiro: Campus, 2000.

KAPLAN, R. S., & NORTON, D. P. Mapas estratégicos: balanced scorecard. 5.ed. Rio de Janeiro: Campus, 2004.

KAPLAN, R. S., & NORTON, D. P. Alinhamento: utilizando o balanced scorecard para criar sinergias corporativas. Rio de Janeiro: Elsevier, 2006.

KAPLAN, R. S., & NORTON, D. P. The execution premium: Linking strategy to operations for competitive advantage. Harvard Business Press, 2008.

LEBAS, M. J. Performance measurement and performance management. International journal of production economics, v. 41, n. 1-3, p. 23-35, 1995.

MADSEN, D. Ø. AND STENHEIM, T., “The Balanced Scorecard: A review of five research areas”, American Journal of Management, Vol. 15(2), 24-41, 2015.

MARKONI, M. DE A.; LAKATOS, E, M. Metodologia do trabalho científico: procedimentos básicos, pesquisa bibliográfica, projeto e relatório publicações e trabalhos científicos. 6. ed. São Paulo: Atlas, 2001.

NEELY, A. The performance measurement revolution: why now and what next?. International journal of operations & production management, 19(2), 205-228, 1999.

OLIVEIRA, T. D., GUILARDUCCI, C. A., & ANTONIALLI, L. M. Balanced Scorecard. Revista Vianna Sapiens, 8(1), 19-19, 2017.

OVSEIKO, P. V., EDMUNDS, L. D., POLOLI, L. H., GREENHALGH, T., KIPAROGLOU, V., HENDERSON, L. R., ... & LECHLER, R. I. Markers of achievement for assessing and monitoring gender equity in translational research organisations: a rationale and study protocol. BMJ open, 6(1), e009022, 2016.

PRITCHARD, A. Statistical bibliography or bibliometrics? Journal of Documentation, [s. l.], v. 25, n.4, p. 348-349, Dec, 1969.

RIGBY, D., & BILODEAU, B. Management Tools and Trends 2009. Boston, MA: Bain & Company, 2009.

RIGBY, D., & BILODEAU, B. Management tools & trends 2011. London: Bain & Company, 2011.

RIGBY, D., & BILODEAU, B. Management Tools & Trends. Boston, MA: Bain & Company, 2013.

RUAS, T. L., & PEREIRA, L. Como construir indicadores de Ciência , Tecnologia e

Inovação usando Web of Science, Derwent World Patent Index , Bibexcel e Pajek ?

Perspectivas Em Ciência Da Informação, 52–81, 2014.

SIBBET, D. 75 years of management ideas and practice 1922-1997. Harvard Business Review, 75(5), 2-12, 1997.

VAN ECK, N. J., & WALTMAN, L. Text mining and visualization using VOSviewer. ISSI Newsletter, 7(3), 50–54, 2011.

VOOS, H. Lotka and information science. Journal of the American Society of Information Science, New York, v. 25, p. 270-272, July/Aug.Kpmg, 1974.




DOI: http://dx.doi.org/10.30681/ruc.v8i15.3285

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional.

ISSN: 2316-8072

Indexação: