O PROFESSOR E O PROCESSO ENSINO-APRENDIZAGEM: UM ESTUDO COM OS DOCENTES DO CURSO DE CIÊNCIAS CONTÁBEIS DA UNEMAT-CÁCERES

Pâmela Gabriela Ramos, Edivander Hurtado Couto, Denise Pereira Pacheco, Joana Pessoa Avelino Forte

Resumo


O curso superior de Ciências Contábeis, regulamentado pela Resolução nº 10 do Conselho Nacional de Educação (CNE), Câmara de Educação Superior (CES) e a Lei de Diretrizes Básicas (LDB) tem maior necessidade de combinar teorias e práticas no processo ensino-aprendizagem, desta forma, Mizukami (1986) afirma que há diferentes formas de se conceber o fenômeno educativo, cabendo ao docente escolher e adaptá-las da melhor forma possível. A pesquisa teve como objetivo elencar as dificuldades de aprendizagem apresentadas pelos acadêmicos do curso de Ciências Contábeis da Universidade do Estado de Mato Grosso (Unemat) sob a visão dos professores e identificar quais os métodos adotados para redução do problema. Trata-se de uma pesquisa qualitativa-quantitativa, cuja coleta de dados ocorreu por meio da aplicação de um questionário semiestruturado. Os dados mensuráveis foram tabulados através do Excel e as evocações organizadas através da análise de conteúdo com auxilio do software Atlas Ti. Os professores pesquisados apontam que os estudantes apresentam dificuldades e para reduzir/eliminar esses fatores, os professores indicam leituras complementares, verificação de que o problema não está na forma de condução das aulas, adoção de meios mais simples de abordagem do tema e explicar novamente o conteúdo. Quando questionados sobre o que pode ser feito, predominou a implantação de projetos, estímulos e melhorias dos recursos didáticos.  Percebe-se assim o papel da Universidade em fornecer subsídios e estímulos ao processo ensino-aprendizagem, cita-se a formação continuada, a semana pedagógica e as inúmeras outras possibilidades que propiciem a evolução do processo ensino-aprendizagem no ensino superior.


Texto completo:

PDF

Referências


BRASIL, Lei nº 9.394, de 20 de dezembro de 1996. Estabelece as diretrizes e bases da educação nacional. Diário Oficial [da] República Federativa do Brasil, Brasília, 23 dez. 1996.

BRASIL, Diretrizes Curriculares Nacionais do curso de graduação em Ciências Contábeis. PARECER CNE/CES N°269 DE 16 DE SETEMBRO DE 2004. Disponível em: portal.mec.gov.br/cne/arquivos/pdf/pces269_04.pdf. Acesso em 07 nov. 2014.

CANDIOTTO, Lucimara Bortoleto. MIGUEL, Maria Elisabeth. O curso de Ciências Contábeis na educação brasileira: das aulas de comércio ao curso superior de Ciências Contábeis (1808-1951). 2009.

FILHO, LAURINDO PANUCCI. Dificuldades e perspectivas dos estudantes de ciências contábeis da universidade federal do Paraná segundo o perfil sócio educacional. Dissertação, 2010.

LAFFIN, Marcos. De contador a professor: a trajetória da docência no ensino superior de contabilidade / Marcos Laffin – Florianópolis: [ s.n], 2005 ( Florianópolis. Impressão Universitária)

LUCKESI, Cipriano Carlos. O que é mesmo o ato de avaliar a aprendizagem? 2000.

LUZ. Márcia. A importância de uma pós-graduação na vida profissional. Disponível em: http://www.administradores.com.br/entrevistas/academico/a-importancia-de-uma-pos-graduacao-na-vida-profissional/88/. Acesso em: 26 nov. 2014.

MARION, J. C.; MARION, M. M. C. Contabilidade Vista & Revista, Vol. 11, N. 2, p. 3- 9, ago. 2008.

MARTINS, Maria Helena. O que é leitura? São Paulo: Brasiliense, 2007.

MIZUKAMI, Maria da Graça Nicoletti. Ensino: as abordagens do processo. São Paulo: EPU, 1986.OLIVEIRA. Elizabeth Castro Maurenza de A Gestão do Ensino da Contabilidade – Trajetória. ReFAE – Revista da Faculdade de Administração e Economia, v. 1, n. 2, p. 21-28, 2010.

PELEIAS, I. R. et al. Evolução do Ensino da Contabilidade no Brasil: uma análise histórica. R. Cont. Fin. USP São Paulo. Edição 30 Anos de Doutorado. p.19 – 32. Junho/2007.

QUINTANA, Mabel Maria Sala. Aprendizagem na percepção dos alunos e professores do ensino superior. 2006.

SANTOS, Rosângela Ferreira. O ensino da contabilidade no campus Jane Vanini. Dissertação. 2006.

SILVA, Maria Vilma da. MOURA, Alexandre Costa. SANTOS, Marta Maria Minervino dos. ASSIS, Quitéria Pereira de. SILVA, Regina Lúcia Buarque da. Dificuldades apresentadas por alunos da educação superior na produção de textos da esfera acadêmica. 2012.

SOARES, M. S. A. (Coord.). Educação Superior no Brasil. Porto Alegre. 2002. Disponível em: . Acesso em 26 nov. 2015.

STALLIVIERI. Luciane. O sistema de ensino superior do Brasil características, tendências e perspectivas. 2006.

UNESCO. Qualificação e Capacitação de Professores. Disponível em: http://www.unesco.org/new/pt/brasilia/education/educational-governance/teacher-education-and-training/. Acesso em 11 dez. 2015.




DOI: http://dx.doi.org/10.30681/ruc.v7i14.2762

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional.

ISSN: 2316-8072

Indexação: