DESVIOS ORTOGRÁFICOS DE NATUREZA FONOLÓGICA: UM NOVO OLHAR SOBRE O ENSINO DA ORTOGRAFIA

Patrícia Dauhali Clemente Guimarães PEREIRA

Resumo


Este artigo propõe a discussão da influência da oralidade no processo de aprendizagem da escrita dos alunos e a importância da consciência fonológica por parte dos educadores. Através da produção textual de uma sequência didática foram analisadas cento e vinte produções textuais de alunos de 7º e 8º anos do ensino fundamental II, de uma escola pública da cidade de Sinop/MT, tendo sido observadas marcas da oralidade, especialmente, regras sociolinguísticas de variação e mudança produtivas no seu grupo social, bem como problemas que se podem atribuir ao caráter arbitrário de certas convenções ortográficas. Para o aporte teórico, recorremos aos estudos de Bagno (2007), Hora (2009), Othero (2005), Bortoni-Ricardo (2005) e Oliveira (2005).  
 
Palavras-chave: desvios ortográficos. Consciência fonológica. Ensino.

Texto completo:

PDF

Referências


BAGNO, Marcos. Nada na Língua é por acaso: por uma pedagogia da variação linguística. São Paulo: Parábola, 2007.

BORTONI-RICARDO, S. M. Educação em língua materna: a sociolinguística na sala de aula. São Paulo: Parábola Editorial, 2004.

__________. Métodos de alfabetização e consciência fonológica: o tratamento de regras de variação e mudança. SCRIPTA, 2006, v. 9.

__________. Nós cheguemu na escola, e agora? Sociolinguistica & educação. São Paulo: Parábola, 2005.

BRASIL. Secretaria de Educação Fundamental. Parâmetros curriculares nacionais: terceiro e quarto ciclos do ensino fundamental: língua portuguesa/ Secretaria de Educação Fundamental. Brasília: MEC/SEF, 1998.

CAGLIARI, L. C. Alfabetização e linguística. São Paulo: Scipione, 1990.

HORA, D. da. Fonética e fonologia. UFPB, 2009. Disponível em http://goo.gl/ecYlc. Acesso em 10 de junho de 2013.

MARCUSCHI, Luiz Antônio. Produção textual, análise de gêneros e compreensão. São Paulo: Parábola Editorial, 2010.

MORAIS, Artur Gomes de. Ortografia: ensinar e aprender. 4.ed. São Paulo: Ática, 2001.

OLIVEIRA, Marco Antônio de. Conhecimento linguístico e apropriação do sistema de escrita. Belo Horizonte: CEALE/FAE/UFMG, 2005. v. 01.

OTHERO, Gabriel de Ávila. Processos fonológicos na aquisição da linguagem pela criança. ReVEL, 2005, v.3, n. 5.

POSSENTI, Sírio. Por que (não) ensinar gramática na escola. Campinas: Mercado de Letras, 1997.

Recebido em: 4 de maio de 2019

Aprovado em: 20 de junho de 2019


Apontamentos

  • Não há apontamentos.


ISSN: 2359-0041

INDEXADORES: