MEMÓRIA-SONHO E MEMÓRIA-TRABALHO: OS ANCIÕES REMINISCENTES NAS CRÔNICAS DE MILTON HATOUM

Luan Paredes Almeida Alves

Resumo


Este trabalho se propõe a analisar a cronística do escritor contemporâneo Milton Hatoum. A partir da leitura da coletânea Um Solitário à Espreita (2013), aventamos uma discussão acerca do gênero crônica, além de inquirir sobre a temática principal deste trabalho: a memória. Para isso, analisaremos a configuração memorialística de duas crônicas: Um jovem, o Velho e um livro, de 2006, e Dormindo em pé, com meus sonhos, de 2009. As duas narrativas possuem personagens anciões reminiscentes, mas com configurações memorialísticas que divergem entre si. Entrementes, perquiriremos as acepções de memória e a forma como elas se dão na diegese das crônicas hatounianas. Boa parte da fundamentação deste trabalho no que diz respeito às reminiscências deu-se sob a égide dos estudos de Bergson (2011), Halbwachs (2006) e Bosi (1994), sendo esta última, em sua obra Memória e Sociedade, uma grande pesquisadora no que diz respeito ao tipo de memória que se faz presente nas recordações de pessoas idosas. Os questionamentos levantados por essa teórica foram a base para o desenvolvimento desta pesquisa.


Texto completo:

PDF

Referências


BAKHTIN, Mikhail. Os gêneros do discurso. In: Estética da Criação Verbal. São Paulo: Martins Fontes, 1997.

BEAUVOIR, Simone de. A velhice: a realidade incômoda. Tradução: Heloysa de Lima Dantas. Difusão Europeia do Livro: São Paulo, 1970.

BENJAMIN, Walter. A imagem de Proust. In: Magia e técnica, arte e política. Obras Escolhidas, vol. 1. São Paulo: Brasiliense, 2010

BERGSON, Henri. Matéria e memória: ensaio sobre a relação do corpo com o espírito. Tradução: Paulo Neves. São Paulo: Martins Fontes, 2011.

BOSI, Ecléa. Memória e sociedade: lembranças dos velhos. 3. ed. São Paulo: Companhia das Letras, 1994.

CANDIDO, Antonio. A vida ao rés-do-chão. In: Para gostar de ler: crônicas. Volume 5. São Paulo: Ática, 2003, pp. 89-99.

COUTINHO, Afrânio. A literatura no Brasil. 4. ed. São Paulo: Global, 1997.

D'ONOFRIO, Salvatore. Teoria do texto: prolegômenos e teoria da narrativa. São Paulo: Ática, 1995.

FERREIRA, Simone Cristina Salviano. A crônica: problemáticas em torno de um gênero. Dissertação (Mestrado em Linguística). Programa de Pós-Graduação em Linguística, Universidade Federal de Uberlândia, Uberlândia, p. 158. 2005.

HALBWACHS, Maurice. A memória coletiva. Tradução: Laurent Léon Schaffter. São Paulo: Centauro, 2006.

HATOUM, Milton. Um solitário à espreita. São Paulo: Companhia das Letras, 2013.

LIMA, Alceu Amoroso. O jornalismo como texto literário. 8. ed. São Paulo: Com-Arte. EDUSP, 1990.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.


 

_____________________________________________________________________________________________