Mato Grosso, Quinta-Feira, 28 de Maio de 2020     
Comitê Acompanhamento COVID

PIBID

Subprojetos (Mapa da página | Voltar)

(http://portal.unemat.br/pibid)

Subprojeto

Pedagogia Juara, anos iniciais do Ensino Fundamental (I ciclo – Alfabetização)

Câmpus

Juara

Contato

(endereço, telefone, e-mail institucional)

Rodovia Juara/Brasnorte, Km 02;

angela.mello@unemat.br – 65 992041089

Coordenador de área

Nome:

Ângela Rita Christofolo de Mello

Link do currículo Lattes:

http://lattes.cnpq.br/0344219024113745

Link do currículo Plataforma Freire:

https://freire2.capes.gov.br/restrict/curriculo/156962/dados-pessoais

Escolas habilitadas

Escola

Escola Estadual Iara Maria Minotto Gomes

Contato

(endereço, telefone, e-mail institucional)

Rua Colômbia, 407,  Jardim América – Juara/MT

066) 3556-2042

jra.ee.iaram.mgomes@seduc.mt.gov.br.

Escola

Escola Municipal Presidente Costa e Silva

Contato

(endereço, telefone, e-mail institucional)

Avenida Vereador Walter, Nº 164-W, Jardim Paranaguá, Juara/MT. CEP.: 78.575-000 FONE: (66) 35562870 E mail: esc.mun.presidentecostaesilva@hotmail.com

Escola

Escola Municipal Jardim Califórnia

Contato

(endereço, telefone, e-mail institucional)

Rua Barão do Rio Branco, 507 E Número de Alunos: 96 Ed. Inf.; 178 Ed. Fundamental; 17 AEE, 06 com laudo médico e 11 com relatório pedagógico.

(66) 3556-2086 - gisanasci@hotmail.com

Apresentação do núcleo

Objetivos

Oportunizar aos Bolsistas de Iniciação à Docência (IDs) do curso de Pedagogia, câmpus de Juara, aprofundamento teórico, conceitual e metodológico, articulados as práticas docentes viabilizadas a partir da aproximação e da observação às intervenções realizadas pelos professores supervisores nos anos iniciais (I, II e II anos) do Ensino Fundamental.

Ações

Este subprojeto envolve uma coordenadora de área, três supervisores e vinte e quatro bolsistas durante o seu desenvolvimento. As ações propostas têm por finalidade intervir na realidade das respectivas instituições educativas (Universidade e Escolas), por meio de um processo contínuo de ação-reflexão-ação. Nesta perspectiva, adotamos a pesquisa qualitativa com enfoque no método de pesquisa-ação. Tal abordagem envolve toda a equipe desse subprojeto na realização de ações interativas junto as respectivas instituições formativas e educativas de modo cooperativo, com vistas a efetividade dos objetivos e ações propostas (THIOLLENT, 1995).

1º Inicialmente, selecionamos vinte e quatro acadêmicos, bem como três professores que atuam no ciclo da alfabetização nas escolas públicas vinculadas a esse subprojeto. Os supervisores, enquanto co-formadores, orientam e colaboram com o processo formativo dos bolsistas IDs no contexto escolar.

2º Após detalhamento das ações específicas deste subprojeto à equipe de bolsistas e supervisores selecionados, os seus objetivos e estratégias de trabalho foram apresentadas às escolas parceiras por meio dos supervisores e bolsistas IDs.

3º Os bolsitas IDs tiveram duas semanas para estudar o Projeto Político-Pedagógico das escolas em que foram vinculados, se inteiraram da estrutura organizacional e da sua proposta pedagógica. A atuação dos bolsistas acontece em consonância às demandas educacionais apontadas pelas escolas parceiras, concernentes ao ciclo da alfabetização.

5º Essa atuação é avaliada constantemente por meio de reuniões semanais nas respectivas escolas e redimensionadas sempre que necessário. De acordo com as necessidades de cada bolsista ID há revezamento das equipes entre as três escolas parceiras. Com isso, os bolsistas IDs têm a oportunidade de vivenciarem diferentes realidades no ciclo da alfabetização.

6º As equipes de bolsistas realizam oito horas semanais de atividades nas salas de aulas junto aos seus respectivos supervisores, e auxiliam nas atividades interventivas trabalhadas pelos supervisores. Quatro horas semanais são  destinadas a avaliações das atividades realizadas no decorrer da semana em sala, registros das situações  observadas em diário de campo, bem como na elaboração de planejamentos das intervenções docentes dos supervisores, com auxílio na confecção de recursos e elaboração de estratégias didáticas.

8º Uma vez por mês acontecem encontros formativos com duração de quatro horas com o objetivo de atender as necessidades formativas dos bolsistas em atenção às suas demandas de aprendizagem, como também das escolas parceiras. Estes encontros são realizados em uma sala de aula da UNEMAT, no campus de Juara, envolve toda a equipe do subprojeto e conta com a participação da coordenadora do outro subprojeto Pibid do curso de pedagogia, do campus de Juara.

9º Os problemas e desafios educacionais vivenciados pelos bolsistas IDs e supervisores são debatidos nestes encontros e fornecem dados que têm subsidiado a escolha de temas de projetos de pesquisa para os Trabalhos de Conclusão de Curso (TCC), de projetos de extensão e de intervenções didáticas com a proposição de práticas diversificadas desenvolvidas no decorrer da realização dos Estágios Curriculares Supervisionados.

10º As práticas e experiências vivenciadas pelos IDs, pelos supervisores e coordenadoras dos subprojetos do curso de Pedagogia, câmpus de Juara, no desenvolvimento de todas as ações propostas, são socializadas nas aulas de Didática, Metodologias de Ensino, Estágios Curriculares Supervisionados, no Seminário Integrador assegurado na Matriz Curricular curso de Pedagogia, bem como nos demais eventos locais, regionais e nacionais por meio de comunicações, exposições de mostras pedagógicas e de pôsteres.

Impactos esperados

Por meio de leituras, fichamentos e debates da bibliografia básica recomendada em atenção às demandas do trabalho com os estudantes matriculados no ciclo da alfabetização; da participação na elaboração e no desenvolvimento de planos de intervenções docentes; da participação em reuniões para socializar, avaliar e planejar novas ações interventivas; da elaboração de relatórios semanais e semestrais das atividades realizadas; da apresentação das experiências vivenciadas, os IDs aperfeiçoarão o domínio da Língua Portuguesa, em atenção ao trabalho vinculado aos eixos da alfabetização: leitura/interpretação, escrita, produção escrita e oralidade. Estas ações promoverão a capacidade comunicativa do licenciando e contribuirão para a sua formação como um todo, de forma mais específica para a construção de conhecimentos inerentes ao trabalho do alfabetizador. A aproximação dos bolsistas IDs da realidade escolar poderá instrumentalizá-los de forma que possam desenvolver um ensino que supere a histórica dualidade educacional, especialmente, quando se trata de estudantes matriculados nos anos iniciais do Ensino Fundamental com desafios de aprendizagem na leitura e na interpretação, na escrita e na produção escrita, como também na oralidade.

Portanto, as ações em desenvolvimento, têm o intuito de contribuir para elevar o Índice de Desenvolvimento da Educação Básica. Isso porque, a consolidação do processo de alfabetização é condição para o pleno desenvolvimento da escolarização formal vinculada aos letramentos. A oportunidade que os IDs têm de estabelecer relações entre os fundamentos teóricos, conceituais e metodológicos estudados, articulados a realidade por meio da observação e da participação em intervenções docentes e demais eventos que acontecem no contexto escolar, permite a construção de conhecimentos articulados às especificidades do processo de alfabetização na perspectiva dos letramentos. Tal oportunidade os qualifica para posteriores enfrentamentos e para a constatação da necessidade de investir sempre na formação continuada.

Ao propiciar a aproximação da Universidade com a realidade destas instituições educativas, o desenvolvimento deste subprojeto proporciona ainda, a integração entre o ensino, a pesquisa e a extensão e pode mobilizar reflexões sobre a necessidade de se repensar a matriz curricular do curso de Pedagogia, dada à persistência no expressivo número de crianças que concluem o ciclo da alfabetização sem se apropriarem do Sistema de Escrita Alfabética e demais direitos de aprendizagem inerentes a esse ciclo de escolarização.

A vivência dos bolsistas IDs com a realidade escolar oportuniza, ainda, a reflexão acerca das atuais políticas de alfabetização, bem como do compromisso social do pedagogo frente aos desafios na construção de uma educação de qualidade social. Este contato possibilita a reflexão sobre os aspectos observados e vivenciados no interior das salas de aulas de alfabetização, com a proposição de ações pedagógicas e estratégias didáticas diferenciadas voltadas para a superação dos múltiplos desafios de aprendizagem apresentados pelos estudantes das escolas parceiras.

Outras considerações

1. A direção da Escola Municipal Presidente Costa e Silva afirma que a parceria firmada entre a escola e a UNEMAT pela via do Pibid contribui para que todas as crianças sejam alfabetizadas até aos 8 anos de idade, consequentemente que o IDED seja elevado e atenda as metas previstas. Que o trabalho dos supervisores realizado em parceria com a coordenadora de área do Pibid junto aos bolsistas IDs, contribui com uma formação docente pautada em intervenções inovadoras, em atenção as especificidades do processo de alfabetização na perspectiva dos letramentos.

 2. A direção da Escola Municipal "Jardim Califórnia" compreende que as ações do Programa Institucional de Bolsas de Iniciação à Docência (PIBID), colaboram no acompanhamento aos estudantes da alfabetização que necessitam de auxílio constante para realizar as atividades proposta pelo professor. Com isso, tem superado os desafios inerentes ao processo de alfabetização. Em contrapartida a escola contribuir com a formação dos acadêmicos ao oportunizar o convívio no espaço escolar onde observam as práticas docentes e a rotina dos trabalhos da escola.

 3. A direção da Escola Estadual Iara Maria Minotto Gomes afirma que o atendimentos aos alfabetizandos por meio das ações do Pibid tem sido melhor. Também que a parceria estabelecida contribui com a formação profissional dos bolsistas IDs.

Endereços de redes sociais (Ex: Sites, Facebook, Instagram, entre outros.)

 

Cronograma de atividades

Estratégias de trabalho: Às vinte horas semanais, são assim trabalhadas:

- 8 horas de atividades diretas dos bolsistas IDs que observam e auxiliam os supervisores em salas de aula do ciclo da alfabetização nas escolas campo;

 - 4 horas de reunião com os supervisores e coordenadora de área, com o objetivo de socializar os resultados das atividades desenvolvidas no decorrer da semana e avaliá-las, como também para planejamento das intervenções que serão trabalhadas na próxima semana em sala de aula;

- 4 horas para que os IDs, junto com as supervisoras e as coordenadoras de área do subprojeto, elaborem relatórios fundamentados voltados aos aspectos observados e trabalhados no decorrer da semana;

- 4 horas para leituras, fichamentos e debates dos IDs de referenciais que abordam as especificidades do ciclo da alfabetização na perspectiva dos letramentos, articulados aos problemas de aprendizagem dos estudantes matriculados nos anos iniciais do Ensino Fundamental.

O estudo acontece nas escolas parceiras, como também na Universidade. O referencial teórico desse estudo é indicado pela coordenadora de área e trabalhado nos encontros mensais que acontecem na UNEMAT e envolvem todos os integrantes dos subprojetos Pibid aprovados para o curso de Pedagogia, câmpus de Juara.

É intenção das coordenadoras organizar e publicar um livro com artigos escritos em colaboração com os supervisores e os bolsistas IDs. Artigos e relados de experiências estão sendo elaborados e serão submetidos para publicações em revistas com qualis reconhecidos.

 

 

Rede Social


Copyright 2020 - Universidade do Estado de Mato Grosso
Av. Tancredo Neves, 1095 - Cavalhada III
78217-900 - Cáceres - Mato Grosso
PABX +55 (65) 3221-0000