Mato Grosso, Sábado, 20 de Julho de 2019     
Unemat informa que não possui alunos pedindo acesso a residências em Tangará da Serra
NOTA DE ESCLARECIMENTO
Unemat informa que não possui alunos pedindo acesso a residências em Tangará da Serra
04/01/2019 15:49:52
por Nataniel Zanferrari, com informações de Alexandre Rolim
A polícia está investigando denúncias de que um jovem está se passando por aluno da Universidade do Estado de Mato Grosso (Unemat) com o objetivo de ter acesso ao interior de residências em Tangará da Serra. A Unemat informa que não está desenvolvendo nenhum trabalho de pesquisa acadêmica que envolva alunos pedindo acesso a residências. Caso alguém peça acesso à casa, mesmo de posse de crachá da Unemat, a Polícia deve ser informada.
 
De acordo com apuração do portal Tangará em Foco, o rapaz chega às residências, inclusive à noite, se apresenta como aluno do curso de Enfermagem da Unemat e pede acesso ao interior da casa para realizar uma suposta pesquisa acadêmica. Ele usa até mesmo crachá da Unemat. Um morador relatou que o rapaz, bem apessoado, chegou à sua casa por volta das 19:30 desta quinta-feira (3), tocou o interfone e se apresentou como aluno de Enfermagem que precisava realizar uma pesquisa. “Eu perguntei se aquilo era hora e ele disse que nas férias estão ficando até as oito da noite. Eu recusei abrir a porta”, disse.
 
Assim que recebeu as informações, a direção do Câmpus de Tangará da Serra entrou em contato com a coordenação do curso de Enfermagem, que informou que não há nenhuma atividade do tipo, em que o estudante peça acesso ao interior da casa, sendo desenvolvida pelo curso.
 
“Trata-se de uma fraude, pois não temos nenhuma pesquisa em execução com esta característica, que peça para adentrar as casas das pessoas”, informou o diretor administrativo da Unemat, Raimundo França.
 
A Unemat ressalta que conta sempre com a parceria de entidades e de pessoas para desenvolver ações de ensino, de pesquisa e de extensão, mas essas relações são pautadas por documentação institucional.
 
O fato está sendo investigado e caso você tenha mais informações ligue para 197 (Polícia Judiciária Civil) ou 190 (Polícia Militar).
Salvar esta página   Imprimir notícia   Enviar notícia por e-mail Visitas: 875 | Impressões: 28
Compartilhar no Facebook

Notícias relacionadas

  • Nenhuma notícia relacionada

Rede Social


Copyright 2019 - Universidade do Estado de Mato Grosso
Av. Tancredo Neves, 1095 - Cavalhada II
78200-000 - Cáceres - Mato Grosso
PABX +55 (65) 3221-0000