Mato Grosso, Sexta-Feira, 14 de Dezembro de 2018     
Unemat inaugura primeiro Centro de Comunicação e Popularização de Pesquisa e da Pós-Graduação
NOVA XAVANTINA
Unemat inaugura primeiro Centro de Comunicação e Popularização de Pesquisa e da Pós-Graduação
03/12/2018 13:08:40
por Hemilia Maia
Foto por: Deivid Fontes

Na última sexta-feira (30.11) a Universidade do Estado de Mato Grosso (Unemat) inaugurou o primeiro Centro de Comunicação e Popularização de Pesquisa e da Pós-Graduação da Universidade, no câmpus de Nova Xavantina, e também inaugurou as ampliações e reformas do Herbário NX. As obras foram realizadas com recursos da Financiadora de Estudos e Projetos (Finep), da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Mato Grosso (Fapemat) e próprios da Unemat.

O Centro, que possui mais de 260 m², abriga um auditório para 60 pessoas, uma sala de videoconferência e uma sala de reuniões que atenderão ao Programa de Pós-Graduação em Ecologia e Conservação (PPG-EC), com curso de mestrado e doutorado. Na construção foram investidos mais de 354 mil reais. Com a conclusão do prédio foi iniciada a segunda fase, a de aquisição dos mobiliários e do kit de videoconferência que estão em fase de licitação. A Finep disponibilizou 180 mil reais em recursos para tal. De acordo com o diretor político-pedagógico e financeiro do câmpus e coordenador pro tempore do PPG-EC, professor Ricardo Keichi Umetsu, a previsão é de que o Centro entre em funcionamento no primeiro semestre de 2019. Os próximos Centros de Comunicação e Popularização de Pesquisa e da Pós-Graduação da Universidade serão inaugurados nos câmpus de Cáceres e Tangará da Serra. Os Centros fazem parte de uma grande proposta de fortalecimento da pós-graduação que, à época da iniciativa, só existiam nestes três câmpus.

O Herbário NX, que possui cerca de 20 mil plantas, com grupos muito particulares da região Centro-Oeste, também conta com o maior acervo de samambaias no Centro-Oeste e um dos maiores acervos de plantas com flores do Cerrado e da transição Cerrado-Amazônia, além do segundo maior acervo de plantas de pequeno porte do Centro-Oeste. Com a ampliação e as reformas, o Herbário ganhou mais 155m² de área. O Herbário atende aos cursos de graduação de Agronomia e Ciências Biológicas e o PPG-EC. Na ampliação e reforma foram investidos mais de 217 mil reais. Com o novo espaço, o Herbário passou a abrigar de forma adequada a coleção de plantas, os setores de triagem, armazenamento e conservação de material botânico e a curadoria.

As placas de inauguração foram descerradas pela reitora Ana Di Renzo, pelo vice-reitor Ariel Lopes, pelos gestores do câmpus de Nova Xavantina, Ricardo Umetsu e Raphael Fernandes Lopes, e pelo prefeito municipal João Cebola, com a presença dos professores e técnicos universitários, acadêmicos e servidores municipais. As duas placas trouxeram o dizer: “A Unemat agradece aos gestores anteriores, ao corpo de professores e aos técnicos da Instituição pelo empenho e constante colaboração na realização deste e de outros projetos que reflete tanto a morosidade da burocracia pública quanto o tamanho da luta, iniciada em 2008, para uma década depois ofertar melhores condições de ensino e pesquisa, por meio destas duas obras”.

“Resultado de um trabalho coletivo”, reforçou o prefeito, que citou as ações desenvolvidas em parceria entre Unemat, Estado e Prefeitura nos últimos 10 anos, e lembrou o convênio que deverá ser assinado em 2019 para a oferta do curso de Direito em turma única no município.

O vice-reitor, Ariel Lopes, recordou que, em 2015, quando ele e a reitora iniciaram a gestão, existiam 20 obras represadas na Universidade e, para tirá-las do papel, várias ações foram colocadas em prática. “Em meio a este esforço criamos um escritório de gerenciamento de obras e, neste mês, assinamos as duas últimas ordens de serviço deste pacote. Tiramos 20 obras do papel”, comemorou Ariel Lopes.

A reitora, que encerra sua gestão em 31 de dezembro, reforçou a parceria de muitas mãos para fazer Unemat e ainda citou como exemplo um desejo antigo de realização. “A construção do prédio para abrigar os mestrados em Linguística e em Educação de Cáceres também é uma luta de muito tempo. Na época em que eu e a professora Elizeth Gonzaga éramos coordenadoras destes mestrados conseguimos um recurso junto à Finep e esta nossa licitação foi judicializada. Só agora, entregando a gestão, finalmente daremos a ordem de serviço para começar esse prédio”, contou a reitora.

O professor Ricardo Umetsu disse que esta grande conquista para Nova Xavantina também é fruto do trabalho e dedicação do corpo docente do programa de pós-graduação e da Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós-Graduação, que inicialmente idealizaram e construíram o projeto.

No câmpus de Nova Xavantina ainda está em andamento a construção do Centro Integrado de Pesquisa, que no momento tem 80% da obra concluída, foi dada a ordem de serviço para as obras do Banco de DNA e o início da licitação para a construção de um novo bloco com quatro salas de aula e banheiros aguarda a liberação de recursos do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação do Ministério da Educação (FNDE/MEC).

Herbário NX em funcionamento – O professor Francisco de Paula Ataíde Filho, um dos curadores do Herbário, está contente com as mudanças que o novo espaço já proporcionou às atividades desenvolvidas no local. “O espaço físico estava muito restrito, tínhamos muito material em caixas e o desenvolvimento das pesquisas ficava prejudicado. Agora, além de atender de forma mais eficiente nossos alunos e docentes, já temos até uma agenda em curso para receber alunos de escolas públicas, de universidades e pesquisadores”, disse Francisco.

 

Salvar esta página   Imprimir notícia   Enviar notícia por e-mail Visitas: 1382 | Impressões: 4
Compartilhar no Facebook

Notícias relacionadas

  • Nenhuma notícia relacionada

Rede Social


Copyright 2018 - Universidade do Estado de Mato Grosso
Av. Tancredo Neves, 1095 - Cavalhada II
78200-000 - Cáceres - Mato Grosso
PABX +55 (65) 3221-0000