Mato Grosso, Segunda-Feira, 16 de Julho de 2018     
Comissão de Ética no Uso de Animais da Unemat completa três anos
UNEMAT
Comissão de Ética no Uso de Animais da Unemat completa três anos
27/12/2017 12:20:22
por Hemilia Maia
Foto por: Deivid Fontes

O presidente da Comissão de Ética no Uso de Animais da Universidade do Estado de Mato Grosso (Ceua/Unemat), professor do curso de Zootecnia, Luiz Juliano Valério Geron, faz um balanço da comissão que acaba de completar três anos. Criada em novembro de 2014, por força de lei, é órgão colegiado, interdisciplinar, com funções consultivas e deliberativas de natureza técnica-científica, sobre as práticas e pesquisas com animais. A Comissão é vinculada à Pró-reitoria de Pesquisa e Pós-Graduação (PRPPG) e submete-se ao Conselho Nacional de Controle de Experimentação Animal (Concea) no Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações.

"Eu diria que em 2015 nosso desafio foi construir as normatizações, o regimento e a consolidação da existência da Comissão. Já 2016 foi um ano-teste: um ano para capacitarmos e treinarmos a comissão, desde o entendimento dos projetos de aula e pesquisa à execução de tarefas sem a ajuda de uma plataforma digital. Em 2017 foi o momento de divulgação, para difundir e fomentar que a Ceua está atuando, que tem papel de orientação, de conscientização e de fiscalização, para dar ciência aos professores e pesquisadores que utilizam animais da necessidade e obrigatoriedade da certificação do Ceua. É por meio desta certificação que as atividades são reconhecidas pelo Concea, órgão responsável pela fiscalização da utilização de animais na atividade de ensino e pesquisa no País. Também participamos do Segundo Seminário de Pesquisa Itinerante da PRPPG que divulga suas ações nos câmpus da Instituição e realizamos seminários nestas unidades", explicou Geron.

As expectativas para 2018 são de um crescimento exponencial de demanda. "A partir da ciência da existência da Ceua e a elucidação dos procedimentos para submissão das aulas práticas e dos projetos de pesquisa acredito que seremos bastante requisitados", comentou o professor. Geron ainda citou que, para publicação de artigos, as revistas internacionais mais conceituadas exigem o protocolo de aceite das Ceuas. "Os professores e pesquisadores têm em nós aliados para o desenvolvimento ético e de repercussão de seus trabalhos", concluiu o presidente.   

Ações educativas - Os membros do Ceua estão à disposição para agendar ações educativas junto aos cursos das diferentes faculdades que utilizam os animais do filo Chordata em suas aulas práticas e pesquisas, assim como para os cursos de pós-graduação em igual situação. Uma boa oportunidade para introduzir a temática são as aulas inaugurais dos cursos de Agronomia, Ciências Biológicas, Educação Física, Enfermagem, Engenharia Florestal, Medicina e Zootecnia. "É importante que professores da graduação e da pós-graduação criem o hábito e a rotina de encaminhar os projetos de aula e de pesquisa para a Ceua. No portal da Unemat tem os procedimentos de como encaminhar os projetos de pesquisa de doutorandos, mestrandos, graduandos, bolsistas de iniciação Cientifica e os Trabalhos de Conclusão de Curso (TCCs)", lembrou Geron.

Filo Chordata - Existem 32 grupos de animais, dentre eles, o filo Chordata. Os seres humanos fazem parte deste grande grupo juntamente com os outros mamíferos, aves, répteis, anfíbios e peixes. Estes animais são os que possuem organismos com maior complexidade fisiológica.  

Ceuas - As Comissões de Ética no Uso de Animais (Ceuas) dentro das instituições de ensino tem a finalidade de garantir que as aulas práticas e os projetos de pesquisa que envolvam animais sejam executados dentro dos preceitos da ética em pesquisa, obedecendo às recomendações da Lei N.º 11.794, de 2008. 

Entre suas atribuições está o papel educativo de oferecer cursos, palestras, consultas, entre outros para assegurar a atualização continuada dos pesquisadores e promover o debate sobre os aspectos éticos das pesquisas em animais. 

A Ceua/Unemat funciona na Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós-Graduação (PRPPG), na Avenida Tancredo Neves, 1095, Cavalhada II, em Cáceres.

Mais informações clicando aqui, pelo email ceua@unemat.br ou telefone: (65) 3221.0043

 

Salvar esta página   Imprimir notícia   Enviar notícia por e-mail Visitas: 540 | Impressões: 36
Compartilhar no Facebook

Notícias relacionadas

  • Nenhuma notícia relacionada

Rede Social


Copyright 2018 - Universidade do Estado de Mato Grosso
Av. Tancredo Neves, 1095 - Cavalhada II
78200-000 - Cáceres - Mato Grosso
PABX +55 (65) 3221-0000